Ester, a rainha que salvou um povo. - capítulo 1

Começar o livro de Ester é perceber, logo ali no final do primeiro capítulo, a misteriosa providência de Deus que encontrámos no livro de Rute.

Assuero era um rei poderoso, governava 127 províncias desde a Índia até à Etiópia. Ao terceiro ano do seu reinado, dá um banquete com a duração de 180 dias (6 meses), com todo o tipo de riqueza, esbanjamento, bebida. Em escavações arqueológicas achadas em Susã, descobre-se que Assuero tinha placas espalhadas por inúmeros sítios, com inscrições acerca da sua pessoa, como: "o rei dos reis", "O rei desta grande terra".

Segundo se sabe, durante este banquete, a rainha Vasti estava a dar um banquete privado para mulheres, na casa real. Já bem bebido, Assuero decide exibir a beleza da sua mulher, propondo que surja no palácio usando apenas a coroa real (quando não usar véu, era já por si, um escândalo). Vasti recusa. É banida do reino e o rei vai tratar de seleccionar outra rainha.