5 razões bíblicas para a modéstia

Eu não sei se "Modest is hottest", mas sei que a modéstia é bíblica.

É uma das marcas da confusão da nossa época: que tantos adolescentes e jovens adultos tenham mais vergonha em vestir-se de forma modesta do que quase se despirem completamente. Com as devidas ressalvas -estar bonita (ou bonito) não é um pecado, trabalharmos para melhorar a nossa aparência não tem que ser vaidade, a linha entre modesto e sem recato nem sempre é preto no branco, mesmo assim ainda estamos perante o facto bíblico inegável que Deus considera a modéstia uma virtude e o seu oposto um vício.

Aqui estão cinco razões bíblicas porque os cristãos deveriam abraçar a modéstia como uma coisa boa que Deus projectou, desejada por Deus.

1. Ter pudor protege o que é íntimo. Há uma certa tendência no feminismo que diz que as mulheres devem estar orgulhosas das suas conquistas sexuais e que qualquer insistência em tapar o que não desejam tapar só serve para reforçar noções machistas, e de que assim os homens têm o direito de determinar o que as mulheres fazem com os seus corpos. Mas o apelo da Bíblia à modéstia não é baseada na suposta maldade da forma feminina. O mandamento de Deus para nos resguardarmos não existe para punir, mas para proteger. Como Wendy Shalit escreve: "A pressão sobre as miúdas de hoje para tirar selfies sensuais vem de uma cultura que habitualmente coloca no mesmo patamar a modéstia com a vergonha, em vez de reconhecê-la pelo que ela realmente é: Um acto que protege o que é precioso e íntimo"

O versículo- "não acordem,nem despertem o amor, até que ele queira" (Cântico dos Cânticos 2, 7) -é uma chamada de atenção de uma mulher para um grupo de mulheres solteiras para guardar a excitação sexual e a atividade sexual para a época adequada, com a pessoa adequada, no lugar adequado.

2. A modéstia aceita que os nossos corpos também vivem em comunidade. O que é que isso significa? Significa que, enquanto soa bem dizer: "É o meu corpo. Se eu quiser mostrá-lo, isso é problema meu." isso é esquecer que o nosso corpo existe numa rede mais ampla de relacionamentos, tal como o nosso discurso, as nossas acções, a nossa vontade e os nossos desejos. A forma como nos vestimos não é determinada pela forma como os outros esperam que assim seja. E, no entanto, seria sub-cristão agir como se o estado espiritual dos que nos rodeiam fosse inconsequente. Antes de prosseguir, deixem-me dizer isto o mais claramente possível: os homens são responsáveis pelo adultério que cometem, pela prostituição que praticam, pela pornografia a que assistem, e também pela sua (Deus nos livre) agressão sexual, independentemente da forma como uma mulher se veste . A Bíblia não recomenda a modéstia de cada sexo, porque o sexo oposto é simplesmente incapaz de manter as suas calças eos  seus pensamentos em cheque.

Ouçam, homens: se a mulher de Potifar entrasse nas vossas casas, a dançar um strip-tease e vos puxasse e despisse, ainda assim vocês não seriam inocentes de terem cometido adultério com ela. A ausência de modéstia numa das partes não justifica a ausência de contenção na outra. Dito tudo isto, a lei do amor não sugere que devemos querer evitar atrair outros ao pecado? A frase "com intenção lasciva" em Mateus 5:28 é traduzida por alguns estudiosos (Carson entre eles): "., De modo a obter o seu desejo" O significado, então, em vez de ser sobre o desejo no coração do homem, seria sobre o homem que quer ter uma mulher para cobiçar. Se aceitamos esta posição minoritária ou não, mesmo assim é justo pensar que a declaração de Jesus nos proíbe de ter uma atitude de coração que anseia e uma atitude de coração que quer ser cobiçado. Algumas pessoas querem ver pornografia e outros querem ser a pornografia. Talvez não no sentido literal, mas existem homens e mulheres que desejam o poder, a atenção e o status de quem é notado e procurado. Isso atrai os outros ao pecado e é em si mesmo pecaminoso.

3. A modéstia coopera com a avaliação negativa da nudez pública pós-queda da Bíblia. De Adão e Eva lutando por folhas de figueira (Gn 3:10), para a nudez desonrosa de Noé (Gênesis 9:21), para as nádegas vergonhosamente expostas de homens de David (2 Samuel 10: 4.), a Bíblia sabe que habitamos num mundo caído em que certos aspectos de nós mesmos corporais são feitos para serem escondidos. Na verdade, isto é precisamente o que Paulo presume quando ele fala: "os que em nós não são decorosos" que devem ser "tratados com maior modéstia" (1 Coríntios. 12:23).

 4.A modéstia abraça uma forte admoestação bíblica de nos abstermos da sensualidade. Sensualidade (do grego: aselgeia) é uma característica distintiva da carne e uma das marcas do mundo pagão (Gl 5:19; Rom 13:13, 2 Coríntios 0:21, 2 Pedro 2:... 2, 18. ). Será que a palavra nos dá instruções exactas sobre onde o bom gosto tropeça em sensualidade - do quão curtas/longas as saias devem ser, que tipo de fato-de-banho devo usar na praia ou piscina, ou se os homens musculados devem correr sem t-shirt? Não, mas certamente podemos concordar que não é incomum para homens e mulheres vestirem-se de uma maneira que só contribui para o look and feel da nossa cultura onipresente da sensualidade. Se a palavra aselgeia sugere excesso sexual, faríamos bem em considerar se o desejo por trás do nosso comportamento é matar a fome a esta besta sensual ou é saciá-lo.

5. A modéstia demonstra aos outros que temos coisas mais importantes para oferecer do que boa aparência e apelo sexual. O ponto de 1 Timóteo 2: 9 e 1 Pedro 3: 3-4 não é uma proibição absoluta contra a tentativa de uma boa aparência. A proibição é contra a tentativa tão difícil de ter uma boa aparência em todos os caminhos que são tão relativamente sem importância. A pergunta da mulher nestes versos-e certamente também se aplica aos homens, é esta: vais atrair a atenção das pessoas com cabelo e jóias e roupas sexys ou vai ser a tua presença na sala de estar inconfundível por causa do teu caráter cristão? Vestuário imodesto diz ao mundo: "Eu não tenho a certeza se tenho algo mais a oferecer além disto. ". Deixa-me dizer o óbvio: a Bíblia não tem fotos. Não há um manual de instrções de como nos devemos vestir pela manhã. Há assuntos de cultura, consciência e contexto que certamente terão o seu lugar. Eu não tenho nenhuma check-list para ser verificada todos os dias de manhã quando saio de casa. Mas se a Bíblia é para ser crida, todo este assunto da modéstia não é irrelevante para o discipulado cristão. Os nossos corpos foram comprados por um preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o  vosso corpo (1 Coríntios. 6:20). O que significa que não mostrar a todos tudo o que poderia, vale a pena ser reflectido. E isso significa que não terá vergonha de manter privadas aquelas coisas que são mais preciosas. Vergonha é uma categoria poderosa na Bíblia e também no dia-a-dia. A chave é saber de que coisas nos devemos mesmo envergonhar.

Kevin DY