Salmos 73


Não são poucas as vezes em que parece que quem não é fiel a Deus consegue sucesso de uma maneira fácil. Parece que tantas vezes a desonestidade compensa, que a integridade é um valor a contornar quando nem sempre o sistema facilita. Não é uma história de hoje, é uma história antiga: basta ir ao Salmo 73.

Asafe deu consigo a invejar a prosperidade dos ímpios. Afinal eles tinham saúde, dinheiro e estatuto, enquanto que Asafe se angustiava no seu esforço de se manter puro. Não compensava tentar ser bom. Mas Asafe escolheu adorar o Senhor, abrindo o coração e relembrando tudo aquilo que já sabia, mas que estava a querer duvidar: a grandeza de Deus, a justiça que vem a Seu tempo. A prosperidade dos outros em nada diminuía a Sua fé. Na verdade, a prosperidade alheia valia zero quando comparada com estar perto de Deus.

"Ainda que a minha carne e o meu coração desfaleçam, Deus é a fortaleza do meu coração e a minha herança para sempre." - Salmos 73:26