Salmos 103


 ~ foto de Ester Cavaco Matias ~

Falamos connosco próprios? Não me refiro a falarmos alto acerca das compras, ou de algo do dia-a-dia, mas falamos realmente com o nosso íntimo? Paul Tripp costuma dizer que não há ninguém mais influente na nossa vida do que nós próprios. Nos momentos particularmente difíceis, como falamos connosco mesmos? Como é que nos repreendemos e nos incentivamos a esperar em Deus?

O Salmo 103 é um salmo para hoje. Alturas em que estamos em baixo de forma. O Salmo começa (vs 1-2) e acaba (vs 20-22) com a exortação de David à sua própria alma para bendizer ao Senhor. Embora haja muito para tirar deste texto tão rico, duas observações parecem-me importantes:

Lembrarmo-nos do que Deus tem feito

O pecado, a dor, a tristeza no presente podem cegar-nos e fazer-nos esquecer da forma maravilhosa e até milagrosa com que Deus trabalhou no passado. E enquanto nós podemos mascarar a nossa memória, a obra de Deus na história é inatacável. David ajuda-nos, lembrando a si próprio, do trabalho de Deus com o seu povo: a forma como foram libertados da escravidão. Para que consigamos ajudar-nos a nós próprios a bendizer o nome de Deus, devemos seguir o exemplo de David e agarrarmo-nos a factos incontestáveis da história. Levantamos o olhar das nossas próprias circunstâncias e relembramos o que Deus já faz e a forma como trabalha desde sempre.

Agarremo-nos com força a características de Deus 

David agarra-se ao facto de Deus ser misericordioso, compassivo, lento para a cólera e cheio de amor. David cita Êxodo 34:6. David lembra-se de episódios em que Deus teve paciência, tardou em irar-se e amou. David é assim tocado, o seu coração é amaciado. A ira do Senhor não dura para sempre, a sua compaixão não falhará porque David pertence a Deus (vs 9-19). Um sentimento enorme de gratidão invade o seu coração, e por isso não hesita: “Bendize ao Senhor, ó minha alma.”

Quando falas contigo próprio, relembras com seriedade o que Deus já fez em ti através de Jesus? Agarras-te a textos específicos – como este salmo- para exortar a tua alma? Quando o desânimo chega, não deixes que seja o teu estado de humor a dominar. Desperta a tua alma para bendizer o nome de Deus. Lembra promessas que Deus fez ao seu povo, o propósito da Igreja, vai até à Bíblia!

Hebreus 13:5-6 “Nunca te deixarei, nunca te abandonarei. Podemos, pois, dizer com confiança: "O Senhor é o meu ajudador, não temerei.O que me podem fazer os homens?"

Isaías 41:10 “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça”

Mateus 28:20 “(…)e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.”

Colossenses 3:16 “A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração.”