10 factos sobre oração comunitária

1. UM CRISTÃO NUNCA ORA SOZINHO

De acordo com Romanos 8:26-28, mesmo as orações de um só cristão são ocasião para uma conversa divina entre Deus Pai, Deus filho e Espírito Santo. Quando oramos, Deus fala com Deus.

2. O POVO DE DEUS ORA JUNTO DESDE GÉNESIS
Em Génesis 4:26 vemos que a primeira oração referida na Bíblia é uma oração do povo, em conjunto.

3. O POVO DE DEUS ORARÁ POR TODA A ETERNIDADE
Confirmamos em Apocalipse 19:1-8 que existiremos para um eterno louvor ao nosso Criador, e isso será uma oração para todo o sempre.

4. A ORAÇÃO CORPORATIVA É TRABALHO VALIOSO E ALGO EM QUE QUALQUER CRENTE PODE E DEVE PARTICIPAR
Tendemos a valorizar umas pessoas, mais do que outras, consoante as áreas de acção. Mas no que toca à oração, estamos todos em pé de igualdade. Qualquer raça, cultura, nação, sexo, idade pode chegar aos pés do Salvador e ser redimido. Pode louvá-lo com as palavras que encontra, com os meios que tem. Vemos na Bíblia que a oração de uma criança é tão valiosa quanto a oração eloquente de um adulto muito instruído (Mateus 21:15-16). John Owen dizia que: "As orações dos santos mais simples podem ser úteis ao apóstolo mais importante."

5. ORAR COM OUTROS ENSINA-NOS A ORAR
Vemos na Bíblia que Maria aprendeu com Ana, em Lucas 1:46-55; Paulo aprendeu com Estêvão (Actos 7:57 - 8:1); Jesus deu um modelo de oração aos seus discípulos (Mateus 6:9-13) e vemos também que os conduziu várias vezes a orar juntos em locais específicos (Lucas 9:28; 11:1; 22.39-46)

6. ... E MUITO MAIS.
Orando com outros não aprendemos apenas sobre oração. Aprendemos sobre teologia, arrependimento, formas correctas de fazer pedidos a Deus. Orar juntos é um treino para a nossa vida de fé.

7. QUANDO ALGUÉM ORA EM VOZ ALTA, TODOS ESTÃO A ORAR.
A oração corporativa não é passiva, não é algo a que simplesmente assistimos. É algo em que participamos. Quando alguém ora, outros louvam em simultâneo, intercedem em simultâneo. A oração comunitária é um trabalho de grupo. Quando um ora, todos estão a orar também.

8. A ORAÇÃO EM GRUPO É FUNDAMENTAL
A igreja em Actos levava a oração muito a sério. Oravam juntos em qualquer lugar, quando alguém estava doente e quando estavam cheios do Espírito. Oravam às refeições e quando estavam a sofrer perseguição. A oração tem obrigatoriamente de chegar a todas as áreas da nossa vida.

9. A ORAÇÃO EM CASA É UM ACTO IMPORTANTE DE HOSPITALIDADE E EVANGELISMO
Quando recebemos pessoas em casa, mais do que estar preocupados em servir uma boa refeição, cama lavada, convívio ou diversão, devemos preocupar-nos em oferecer alimento para a alma dos nossos visitantes, seja eles quem forem. Incluindo os nossos convidados na oração familiar, podemos ir ao encontro das suas necessidades espirituais. Se os nossos convidados não forem cristãos, as nossas orações podem servir de testemunho. Quem sabe se na partilha dessa refeição, mais tarde não nos encontraremos na partilha da refeição especial que é a ceia do Senhor?

10. RESOLUÇÃO E PREPARAÇÃO SÃO OS MELHORES REQUISITOS PARA COMBATER O CONSTRANGIMENTO DE ORAR EM PUBLICO
Todos já passámos por aquele silêncio constrangedor em que ninguém ora. Decidir orar deve sobrepôr-se à nossa vontade de orar. Quando não encontramos palavras, podemos ler um salmo como oração, por exemplo. A oração é um privilégio que qualquer cristão não pode desperdiçar.

Meditação preparada com base no livro "Praying Together: The Priority and Privilege of Prayer: In Our Homes, Communities, and Churches", Megan Hill