Agarra-a - 28 de Janeiro

"A sabedoria é a coisa principal; adquire pois a sabedoria, emprega tudo o que possuis na aquisição de entendimento. Exalta-a, e ela te exaltará; e, abraçando-a tu, ela te honrará."
Provérbios 4:7,8

O capítulo 4 de provérbios está recheado da expressão "não ignores" a sabedoria. A mensagem é clara: Nunca, mas nunca devemos desistir da busca de sabedoria. Faz tudo o que seja preciso para a obter, o que quer que isso te custe. Porquê? Porque é mais difícil ainda não a ter. Irás tomar decisões que trarão ainda mais dificuldades, e desastre atrás de desastre. Por isso faz o que for preciso.
Já vimos o que é que isso implica: identificar no que é que o nosso coração confia, imersão e obediência à Palavra de Deus, amizades e abertura para receber críticas, capacidade de aprender durante o sofrimento, envolvimento pessoal no serviço aos outros, especialmente os mais necessitados. Isto deve ser repetidamente feito, juntamente com uma comunidade de pessoas que perseguem a mesma sabedoria. Irão conduzir-te a Deus, ao conhecimento de ti próprio, conhecimento do coração humano e os seus caminhos, e conhecimento das diferentes épocas e fases. E assim, as tuas decisões e escolhas irão tornar-se mais sábias. Podemos parafrasear o versículo 7 deste modo: "É assim que recebes sabedoria: agarrando-a!". A sabedoria não aparece para os mais afortunados ou inteligentes mas para os que estão mais determinados em a ter.
A sério, quão determinado estás em agarrar a sabedoria?

Oração: Senhor, desejo ter no meu coração a sabedoria, mas confesso que muitas das vezes permaneço no padrão do passado. A minha vontade é fraca. Por isso, ajuda-me a buscar sabedoria, a ter o meu coração cativo de Jesus, fixando o meu olhar na ida dele a Jerusalém para morrer no meu lugar (Isaías 50:7; Lucas 9:31). Amém.